RSS

Arquivo da categoria: caráter

O homem de Belial

Provérbios 6:12-15

12 O homem de Belial, o homem vil, é o que anda com a perversidade na boca, 13 acena com os olhos, j  arranha com os pés e faz sinais com os dedos. 14 No seu coração há perversidade; todo o tempo maquina o mal; anda semeando contendas. l 15 Pelo que a sua destruição virá repentinamente; subitamente, será quebrantado, sem que haja cura. m[1]

 

O que é “Belial”?

Belial é um nome próprio, que quer dizer: βελιαλ Belial ou βελιαρ Beliar de origem hebraica 1100 בליעל; TDNT – 1:607,104; n pr m Belial = “inútil ou malvado” 1) um nome de Satanás

Belial – é um personagem da mitologia cananita que determinava este Belial como o adversário do povo “escolhido”. É o 68º espírito listado na Goetia. No Cristianismo Belial é mencionado também no novo testamento como o oposto da luz, do bem e de Jesus Cristo. Seria o mais importante demônio na Terra, que comandava as forças da escuridão contra os homens de bom coração. Criado junto com Lúcifer, de Belial foi dito – Um rei do inferno – e comandante de 80 legiões.

  1. Ele é vil – maligno (v12a)
    1. A malignidade é uma qualidade de Satanás
    2. Ele age e pensa de forma maligna, suas atitudes, muito embora pareçam nobres, tem sempre segundas intenções, tem sempre uma “carta na manga”.
    3. Ele sempre quer tirar proveito; “planta verde pra colher maduro”.
  1. Fala muita perversidade (v12b)
    1. A perversidade está nos seus lábios
    2. Ele brinca com coisas sagradas e sérias
    3. Debocha do que é santo, e do que é especial para os outros
    4. Ele não tem nenhum respeito, por nada e por ninguém.
    5. Ele sente prazer em debochar de seus superiores; pais, professores; chefes; líderes e do(a) esposo(a)
    6. Gosta de falar imoralidades;
  1. Acena com os olhos
    1. Os seus olhos, olham, observam o que não é pra ser visto
    2. Tem olhares cheios de lascívia e desejos perversos
    3. Seus olhos dizem o que tem na sua alma.
  1. Arranha com os pés
    1. Quer dizer que quando ele não consegue expressar seu ódio e desprezo, com suas palavras, ele(a) o faz sem que ninguém perceba
    2. Ele é dissimulado.
  1. Faz sinal com os dedos
    1. Sinais obscenos
    2. Chama com as mãos e os dedos
    3. Ofende aos outros com gestos
    4. Faz promessas que sabe que não vai manter e sela com as mãos.
  1. Porque ele faz isso?
    1. Há perversidade no seu coração
      1. O problema todo está em seu coração
      2. Ele entregou o seu coração para o mal
  • Ele acha que todos que estão ao seu redor querem o seu mal, ou querem lhe fazer o mal.
  1. Ele maquina o mal o tempo todo
    1. Essa pessoa tem sempre uma saída da pior forma possível
    2. Ele planeja que se tudo der errado ele fará pior
  2. Ele semeia contendas e discórdias, onde ele vai.
    1. Sempre tem confusão onde essa pessoa está
    2. Ele busca sempre seus interesses, por isso ele joga com as pessoas e com os sentimentos delas;
  • Ele faz isso por que o espírito de Belial, não é uma pessoa, mas sim uma casta de pelo menos 80 legiões e Belial – o revoltado é o seu príncipe.
  1. Ele será destruído, não haverá para ele uma forma de remissão
    1. Pessoas que eram chamadas de filho ou filha de Belial, eram pessoas rebeldes que causavam vergonha a seus pais
    2. Homens ou mulheres que eram chamados de Belial – eram pessoas que causavam desordem na sociedade, na sua comunidade, com seu comportamento maligno, cheios de malícia e principalmente porque tinham uma língua ferina, desdenhosa.
    3. O fim de pessoas que se deixa controlar por este espírito maligno e a rápida destruição.
  1. Os filhos da bondade / filhos do amor
    1. São os que abrem mão da rebelião, do ódio, da ira, da raiva, das brigas, das contendas, das confusões
    2. Eles se entregam a uma vida de paz e buscam constantemente sua realização na vontade de Deus.
    3. Eles buscam o que é verdadeiro, buscam o conhecimento do altíssimo, buscam fazer a vontade de Jesus.
    4. Como resultado, tem o oposto do rebelde; tem vitórias constantes; reconhecimento; sempre anda de cabeça erguida sem nada a temer; não será destruído, mas verá a sua descendência.
  1. Aplicação
    1. Que tal hoje você fazer uma avaliação sincera e perguntar pro Espírito Santo, como eu tenho andado
    2. Como tem sido o meu comportamento

_________________________________

Ronildo da Cruz Ribeiro

IDPB Monte Horebe

Manaus, AM 12 de abril de 2015

j j 6.13 Acena com os olhos: Ver Sl 35.19, nota h; cf. Pv 10.10; 16.30.

l l 6.14 Cf. Sl 140.2.

m m 6.15 Jó 5.3; Pv 14.32; 29.1. A destruição e o quebrantamento são manifestações do juízo e castigo divinos.

[1]Sociedade Bíblica do Brasil: Bíblia De Estudo Almeida Revista E Atualizada. Sociedade Bíblica do Brasil, 1999; 2005, S. Pv 6:15

TDNT TDNT corresponde à obra de Gerhard Kittel, Theological Dictionary of the New Testament. Ao lado da sigla TDNT, o primeiro número (ex.: 1:232) remete ao volume e ao verbete a ser consultado na coleção de 8 volumes da obra de Kittel; o segundo número remete ao verbete da obra condensada em um único volume por G. W. Bromiley.

Anúncios
 

CONSTRUINDO UM TEMPLO PARA DEUS

CONSTRUINDO UM TEMPLO PARA DEUS
(I Rs 06: 14; I Cor 03:16-17).
A.   Quando desejamos construir algo de excelência, devemos:
1.    Planeje aquilo que você deseja.
Possuir um desejo, uma vontade, um planejamento. Davi desejou construir um templo para Deus (I Cr 22: 5 – Davi pensava: “Meu filho Salomão é jovem e inexperiente, e o templo que será construído para o Senhor deve ser extraordinariamente magnífico, famoso e cheio de esplendor à vista de todas as nações. Por isso deixarei tudo preparado para a construção”. Assim, Davi deixou tudo preparado antes de morrer.
2.    Reúna os recursos e compre o lugar certo.
Adquirir o local e reunir os recursos – Davi comprou a eira de Ornã ou Araúna, um jebuseu, que se localizava monte Moriah ou Moriá, para que ali viesse a ser construído o templo. (2 Samuel 24:24, 25; 1 Crónicas 21:24, 25) Ele juntou 100.000 talentos de ouro, 1.000.000 de talentos de prata, e cobre e ferro em grande quantidade, além de contribuir com 3.000 talentos de ouro e 7.000 talentos de prata, da sua fortuna pessoal. Recebeu também como contribuições dos príncipes, ouro no valor de 5.000 talentos, 10.000 daricos e prata no valor de 10.000 talentos, bem como muito ferro e cobre. (1 Crónicas 22:14; 29:3-7) Salomão não chegou a gastar a totalidade desta quantia na construção do templo, depositando o excedente no tesouro do templo (1 Reis 7:51; 2 Crónicas 5:1).
3.   Escolha as pessoas certas.
Escolher as pessoas certas para a construção – Em troca de trigo, cevada, azeite e vinho, Hiram ou Hirão, o rei de Tiro, forneceu madeira do Líbano e operários especializados em madeira e em pedra. Ao organizar o trabalho, Salomão convocou 30.000 homens de Israel, enviando-os ao Líbano em equipes de 10.000 a cada mês. Convocou 70.000 dentre os habitantes do país que não eram israelitas, para trabalharem como carregadores, e 80.000 como cortadores (1 Reis 5:15; 9:20, 21; 2 Crónicas 2:2). Como responsáveis pelo serviço, Salomão nomeou 550 homens e, ao que parece, 3.300 como ajudantes. (1 Reis 5:16; 9:22, 23)
4.   Construir leva tempo – tenha paciencia.
Gastar tempo para se construir – O Rei Salomão começou a construir o templo no quarto ano de seu reinado seguindo o plano arquitectónico transmitido por Davi, seu pai (1 Reis 6:1; 1 Crónicas 28:11-19). O trabalho prosseguiu por sete anos.
5.    Não pare no meio do projeto – vá até o fim.
Não desistir da construção, pois o acabamento é mais caro e demorado – Os materiais aplicados foram essencialmente a pedra e a madeira. Os pisos foram revestidos a madeira de junípero (ou de cipestre segundo algumas traduções da Bíblia) e as paredes interiores eram de cedro entalhado com gravuras de querubins, palmeiras e flores. As paredes e o tecto eram inteiramente revestidos de ouro. (1 Reis 6:15, 18, 21, 22, 29).
6.   Faça uma festa para comemorar sua vitória.
Alegrar-se com o término da construção – Após a construção do magnífico templo, a Arca da Aliança foi depositada no Santo dos Santos, a sala mais reservada do edifício.
Em I Cor 03: 16-17 está escrito: Não sabeis vós que sois templo de Deus, e que o Espírito de Deus habita em vós? Se alguém destruir o templo de Deus, Deus o destruirá; porque o templo de Deus, que sois vós, é santo.
7.    Faça tudo com excelência
Busque a excelência, persevere, a cada dia acrescente no seu templo um tilojo de amor, de fé, de sabedoria, de caridade, de paz, de esperança. Retire do seu templo todo entulho que atrapalha a perfeita construção, custe o que custar mas termine a obra.
Em I Tm 04: 16 está escrito: Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Continua nestes deveres; porque, fazendo assim, salvarás tanto a ti mesmo como aos teus ouvintes.
8.   Notem bem a conclusão de Paulo a Timóteo:
– Tem cuidado de ti mesmo: Você é templo do Espírito Santo! Pratique as obras do Espírito e não as da carne.
– Tem cuidado da Doutrina: Medite na Palavra e seja cuidadoso para fazer tudo segundo Ela manda, esforça-te!
– Fazendo assim: Vivendo em santo comportamento e piedade salvarás a ti e aos teus ouvintes.
B.  Aprendendo com o exemplo da ostra:
Quando uma ostra é invadida por um parasita ou é incomodado por um objeto estranho (um grão de areia, por exemplo), e isso causa dor e irritação no tegumento do animal. Como forma de proteção desta irritação, a ostra começa a cobrir aquele grãozinho de areia com uma substância chamada nácar. Com o passar do tempo vão sendo depositadas muitas e muitas camadas de nácar, o que acaba por ocasionar a formação de uma pérola.
Pérolas são produtos da dor. Como resultado, uma linda pérola é formada. Uma ostra que não foi ferida, de algum modo, não produz pérolas, pois a pérola é uma ferida cicatrizada.
O caráter do cristão é forjado na luta diária, por meio da vivência ética, da honestidade, moralidade, do amor ao próximo, da caridade, dos bons ensinamentos, do trabalho, do conhecimento do Reino de Deus.
É como se todos nós fôssemos pedras pontiagudas e precisássemos de nos tornar redondinhas para conseguirmos rolar no rio da vida, até descobrirmos o caminho que possa nos levar ao Criador.
___________________________
Irmão Mário José Gonçalves
Manaus 14 de outubro de 2012
IDPB Monte Horebe
Culto de Domingo