RSS

Arquivo da categoria: Ofertas

Reconciliação

Reconciliação
Mateus 5:23-24
“Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta, ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com teu irmão; e, então, voltando, faze a tua oferta.”
O que é oferta?
Oferta é tudo aquilo que você deliberadamente dá. Você da, por que você quer dar. Na história do povo Hebreu eles ofertavam por que entendiam que eram deu uma nação escolhida, eles eram um povo separado por DEUS e para DEUS e isso os tornava especiais, era, portanto um privilégio ofertar para DEUS, por que a nenhum outro povo fora dado esse privilégio.
A oferta tinha quer ser queimada. Separava-se a parte que tocava aos levitas e sacerdotes e o restante era queimado. A oferta tinha que subir ao céu como cheiro suave, por isso o sacerdote adicionava algumas essências aromáticas, para que o cheiro fosse maravilhoso. Mas o motivo da oferta nunca foi à oferta, mais sim o ofertante.
1.       Se, pois, ao trazeres ao altar a tua oferta.
A oferta tem que ser levado ao altar – No altar tudo é queimado. Isso implica que o que está ali vai virar cinzas, será de todo consumido.
Será separada a parte dos sacerdotes, dos que trabalham no templo e da manutenção do templo. Isso siguinifica que tudo terá que ser queimado, tudo terá que passar pela prova do fogo, pois tem que exalar um cheiro – DEUS vai se agradar do cheiro se for suave.
Tem que se separar da parte que cabe ao sacerdote, aos trabalhadores e ao templo, uma parte que será também queimada como oferta ao SENHOR, essa é a oferta do sacerdote e do levita. Ela também tem que exalar um suave cheiro.
Pontos a considerar:
a.       A oferta não é para todos! É para quem se sente privilegiado de saber que tem um grande rei como pai!
b.      A oferta não pode dada de qualquer maneira, ela tem nascer de um coração grato.
2.       E ali te lembrares de que teu irmão tem alguma coisa contra ti, deixa perante o altar a tua oferta, vai primeiro reconciliar-te com teu irmão;
Aqui está o grande segredo de ofertar e ser aceita diante do SENHOR. O que o SENHOR está buscando o tipo de coração que oferta, ELE não está de olho na oferta, mas no ofertante.
O incenso que dá o cheiro suave na oferta é: Como está a atitude do ofertante com as demais pessoas. Como está o seu coração.
O interessante é que as pessoas sempre querem que lhes peçam perdão quando erram com ela, mas nunca querem se consertar quando sabem que alguém está magoado. Acham sempre que quem errou que se conserte, mas, aqui o conselho é para quem sabe que tem alguém que se sente magoado ou prejudicado por ela.
a.       Se você sabe de alguém que tem algo contra você – você deve tomar a iniciativa de consertar as coisas.
b.      Por que se deve fazer isso? Para que você não perca o privilégio de ser aceito por DEUS. E sua oferta chegar até ele como cheiro suave.
A oferta só beneficia quem dá. Por isso é um privilégio. A oferta não serve para o pastor, só serve para o pastor a oferta que ele dá. Mas se seu coração não estiver em paz, a oferta não servirá.
A oferta abre as portas do céu para as bênçãos de DEUS. Por isso o coração deve estar limpo.
Muitas pessoas perdem a grande oportunidade de serem abençoadas por que não querem é se humilhar para os outros.
Eles preferem que caiam no esquecimento pessoal do que resolverem tudo. Esquecem que DEUS anota todas as nossas atitudes. E ELE não esquece.
Se você não resolver o seu problema com seu irmão, vai ficar em aberto nos céus e, enquanto você não resolver esse problema você não será aceito, e sua oferta não gerará a prosperidade que você tanto sonha.
Não adianta dar somas altas de dinheiro na igreja se seu coração não perdoa e nem se arrepende.
Um coração que não se arrepende sempre se mostrará com suas atitudes. Estará sempre fugindo de algo, ou alguma coisa.
Meu amigo se você quer ser aceito por DEUS, reconcilia com teu irmão, pede perdão e depois oferte. A oferta não é o dinheiro que você coloca no envelope, não é o objeto que você dá, é a sua atitude.
E ela deve acontecer mais ou menos assim:
Senhor aqui está o fruto do meu trabalho, que o SENHOR me deu. O fruto da saúde que o SENHOR me deu. O fruto dos dias que o SENHOR me deu. O fruto do ar que o SENHOR me deu. O fruto da família que o SENHOR me deu. O fruto da amizade e do amor que o SENHOR me deu. Por isso eu oferto ao SENHOR minha gratidão, o meu amor, e a minha paz, por que o SENHOR me deu.
Para finalizar:
Como está o teu relacionamento com as pessoas? Com tua esposa e filhos? Com teus pais? Com os teus pastores? Com teus funcionários? Com teus patrões? Com seus professores? Com a comunidade onde mora?
Por que não abrir as portas dos céus, neste momento com um pedido de perdão? Por que não se humilhar para ser exaltado no futuro? Por que esperar pelos outros quando você pode e deve fazer toda a diferença? Faça isso, separe sua oferta, se você sente que alguém tem algo contra você vá até ela e peça perdão, reate hoje, faça isso agora, e receba do céu a recompensa
——————————–
Ronildo da Cruz Ribeiro
Manaus, AM 8 de julho de 2012
IDPB Monte Horebe
Culto de domingo.
Anúncios
 

A fé de Abel – que faz sacrifícios

A fé de Abel – que faz sacrifícios

O que é fé?
Hebreus 11:
Dízimos e Ofertas, abrem as portas da prosperidade ...“1 Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que não se vêem.
2 Porque por ela os antigos alcançaram bom testemunho.
3 Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê.
4 Pela fé Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho das suas oferendas, e por meio dela depois de morto, ainda fala.”
  1. Firme fundamento das coisas que se esperam (vv.1) – fala da forma como você acredita, este versículo fala de fundamento, no que a sua fé está sendo fundamentada? Você à fundamenta na palavra de DEUS.
O que você espera está escrito na palavra de DEUS? São coisas criadas com propósito de louvar e engrandecer o nome do SENHOR?
Se estiver, fundamentada na palavra de DEUS, porque a palavra do SENHOR é o mais firme fundamento que pode existir. Logo o que você espera vai acontecer indubitavelmente.
  1. E a prova das coisas que não se vêem (vv.1) – as coisas que você espera, muito embora você não enxergue, com seus olhos, elas irão acontecer e provar que elas existiam dentro de seu coração. Quando você crê o Senhor moverá até as montanhas, para realizar o desejo de seu coração se isso estiver no propósito de DEUS.
  1. Pela fé entendemos que os mundos foram criados pela palavra de Deus; de modo que o visível não foi feito daquilo que se vê (VV.3).
Quando Deus criou o mundo, nada existia, porém ele trouxe a existência tudo o que nós conhecemos, através de suas palavras – haja, e houve, haja, e houve de novo, e de novo, e de novo. Mas quando foi a vez do homem Ele disse: “Façamos ele a nossa imagem e semelhança”.
Por que ele criou o homem com suas próprias mãos? Porque tudo o que ele criara ele criara para o homem, e por causa do homem.
  1. Pela fé Abel ofereceu a Deus mais excelente sacrifício que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho das suas oferendas, e por meio dela depois de morto, ainda fala.”
Gênesis 4:
1 Conheceu Adão a Eva, sua mulher; ela concebeu e, tendo dado à luz a Caim, disse: Alcancei do Senhor um varão.
2 Tornou a dar à luz a um filho-a seu irmão Abel. Abel foi pastor de ovelhas, e Caim foi lavrador da terra.
3 Ao cabo de dias trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao Senhor.
4 Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura. Ora, atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta,
5 mas para Caim e para a sua oferta não atentou. Pelo que irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante.
1. Ao cabo de dias trouxe Caim do fruto da terra uma oferta ao Senhor (VV.3) – Observe que, quem tomou a iniciativa de ofertar, foi Caim e não Abel. Abel como sendo o irmão mais novo certamente, viu o irmão mais velho fazer e fez o mesmo só que melhor. Porém a iniciativa foi de Caim. E por que Deus se agradou mais de Abel que de Caim?
2. Trouxe Caim do fruto da terra uma oferta (VV.3) – Observe também que a oferta de Caim fora do fruto da t. erra e não fruto de um coração sincero. Não nasceu no coração de Caim o desejo de ofertar algo que realmente mostrasse que havia gratidão em seu coração.
A impressão que da quando lemos este texto, é que Caim ajuntou o que havia de dar. Neste texto não fala que ele trouxe ao Senhor, o fruto do que ele plantara. Mas sim o fruto da terra. Será que Caim ajuntou uma oferta ao Senhor.
3. Abel também trouxe dos primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura (VV.4) – agora percebemos que Abel, trouxe uma oferta do melhor que havia no seu rebanho, a ovelha mais gorda, a mais bela, o que havia de melhor. Do fruto de seu trabalho.
4. Ora, atentou o Senhor para Abel e para a sua oferta (VV.3) – o Senhor observou o coração de Abel, e viu que era um coração grato, um coração que amava ao Senhor, um coração que queria agradar a DEUS. Por isso o senhor atentou para Abel. Primeiro para Abel e depois para sua oferta.
5. Mas para Caim e para a sua oferta não atentou. Pelo que irou-se Caim fortemente, e descaiu-lhe o semblante.(VV.5) – de quem era a culpa de o Senhor ter aceito a oferta de Abel e rejeitado a de Caim? Era de Deus? Era de Abel? Ou seria dele mesmo, claro que dele mesmo.
Algumas pessoas querem ser aceitas por DEUS, mas não querem fazer o que agrada o seu coração.
Este pequeno texto não fala de oferta, ou de como o DEUS se agrada de nossas ofertas, mas de como podemos agradar a Deus. De como DEUS pode se agradar de uns e se desagradar de outros. A fé é o meio pelo qual podemos agradar a DEUS, porque sem fé é impossível agradar a DEUS.
Abel pela fé ofertou ao Senhor, e hoje ele é lembrado por isso. Deus antes de se agradar de sua oferta Ele vai se agradar do seu coração. Tome atitudes agradem o coração de DEUS.
IDPB/Monte Horebe
Ronildo da Cruz Ribeiro