RSS

Arquivo da categoria: Oração

Ore até alcançar resposta que você busca

Ore até alcançar resposta que você busca

 Marcos 11:24-26Por isso, vos digo que tudo quanto em oração pedirdes, crede que recebestes, e será assim convosco. p E, quando estiverdes orando, se tendes alguma coisa contra alguém, perdoai, para que vosso Pai celestial vos perdoe as vossas ofensas. [Mas, se não perdoardes, também vosso Pai celestial não vos perdoará as vossas ofensas.] q

A.     Ore até alcançar a convicção da resposta de sua oração.

1.      DEUS sempre ouve nossas orações, mas a resposta certa que é a que precisamos, essa vem DELE.
            a.      Creio que devemos pedir até termos convicção de que é a vontade de DEUS.
b.      Não pode ser uma oração relaxada e irresponsável, mas sim sincera e responsável.
c.       Quando você for orar desligue-se de tudo o que está ao seu redor.

2.      DEUS quer e vai responder sua oração, mas você precisa ter intensidade.

                        a.      Não pode começar hoje parar amanhã.
                        b.      Não pode desistir pelo meio do caminho,
                        c.       Não pode se abater com os problemas.

d.      Só ora e persevera na oração quem crê.

B.     Tem que perdoar para ser perdoado.

1.      Não existe outra maneira de ser perdoado, a não ser através do perdão que você libera para os outros.

2.      O perdão é divino por isso deve ser usado.

3.      Perdão é um exercício de fé.

C.     Orar é como praticar esportes.

                  a.      Tem que fazer todos os dias se quiser estar preparado para vencer.

b.      Tem que ser continuo.

Mateus 7:7-8 Pedi, e dar-se-vos-á; f  buscai e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. 8 Porque aquele que pede recebe; e o que busca encontra; g  e, ao que bate, se abre.”
                  c.       Tem que ser intenso.

Aplicação:

1.      Ore até compreender qual é a vontade de DEUS para o seu pedido e ter certeza da resposta certa.

2.      Perdoe. A falta do perdão impedem as orações de serem ouvidas e respondidas.

Isaias 59:1-2  Eis que a mão do Senhor não está encolhida, para que não possa salvar; a  nem o seu ouvido, agravado, para não poder ouvir. b Mas as vossas iniqüidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus, e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.”

3.      Orar é uma prática – Muita oração, muito poder! Pouca oração, pouco poder! Nenhuma oração, nenhum poder!

—————————————–

Marilene Pereira Ribeiro
IDPB Monte Horebe
Manaus, 04 de outubro de 2012
Para o Culto de Doutrina


p p 11.24 Jo 14.13-14; 15.7.
q q 11.26 O v. 26 não aparece em diversos manuscritos.
 
Deixe um comentário

Publicado por em 4 de outubro de 2012 em Amor, Crença, Milagres, Oração

 

Como entender a vontade do Senhor

Como entender a vontade do Senhor
Eclesiastes 3:1.
Tudo tem o seu tempo  determinado, e há tempo para todo o propósito debaixo do céu:”
É muito importante entender a vontade do senhor, principalmente, se queremos viver segundo sua vontade. A bíblia fala que a vontade de Deus é boa, perfeita e agradável (Rm12:2b).
A vontade de Deus é claramente entendida neste texto que diz que Deus determinou um tempo para todo propósito, tudo Deus criou com um propósito, com uma finalidade, e todo propósito tem um tempo para se cumprir.
Então podemos entender que a vontade de Deus é exatamente quanto tempo e propósito se encontram. Não se cumpre o propósito de Deus fora do tempo. Mesmo quanto se está no tempo certo, ma fora do propósito, a vontade de DEUS não se cumpre. Tempo e propósito andam juntos.
Para entendermos a vontade de Deus, temos que entender o tempo, o propósito e o modo de como tudo isso se cumprirá.
1.       Entendendo o tempo
“Tudo Deus fez formoso ao seu tempo.” Eclesiastes 3:11a
a.       O tempo é o maior recurso que Deus nos deu, não podemos desperdiçá-lo (Ef 5:16).
b.      Entendendo que tudo tem seu tempo, e o próprio tempo vai maturar as situações mostrando que o propósito quer se cumprir.
c.       Muitas vezes o tempo passa e estamos embaraçados e perdemos a oportunidade de que o Senhor cumpra todos os seus propósitos que Ele estabeleceu para nossas vidas.
d.      Também significa que cada etapa do tempo é uma preparação para a próxima etapa.
2.       Entendo o Propósito
Eu disse no meu coração: Deus julgará o justo e o ímpio; l  porque há um tempo para todo intento e para toda obra.” Eclesiastes 3:17
a.       É necessário entender que Deus julga nossas ações, porque as oportunidades que temos foi Ele quem nos deu, para realizarmos a sua vontade.
b.      O propósito de cada obra que realizamos tem que estar vinculada com a vontade de agradar o senhor. Porque o Senhor é o juiz de toda terra.
3.       Entendendo o Modo
Porque para todo propósito há tempo e modo.” Eclesiastes 8:6
a.       O modo fala de método ou maneira de realizar algo. Fala também de preparação, de esta habilitado para realizar determinada tarefa com efeciencia e eficácia.
“Quem guardar o mandamento não experimentará nenhum mal; e o coração do sábio discernirá o tempo e o modo.” Eclesiastes 8:5
Este texto diz que o sábio sabe o tempo e o modo, significa que ele esta preparado, sabe exatamente aproveitar a oportunidade que Deus esta lhe dando.
Por isso entender a vontade de Deus requer uma preparação, dedicação, e obediência.
———————————
Paulo da Cruz Ribeiro
IDPB Monte Horebe
Manaus, Am 10 de julho de 2012 – Culto de oração da terça-feira.
 

Controlando o poder das palavras I

Orações Respondidas III
Controlando o poder das palavras I
O Pr. David Yonggy Cho, no livro a 4ª Dimensão narra uma conversa que havia tido com alguns neurologistas de sua igreja.
“Essa conversa muito significou para mim, e teve um grande impacto em minha vida, pois pude perceber que um uso importante da palavra falada é a criação de uma vida pessoal de êxito. As pessoas facilmente se acostumam a falar de uma maneira negativa. — Rapaz, como sou pobre! Não tenho dinheiro nem para dar para o Senhor. Quando aparece uma oportunidade, um emprego com um bom salário, o sistema nervoso responde: — Não posso ser rico porque ainda não recebi a instrução contrária de meu centro nervoso. Espera-se que eu seja pobre, de modo que não posso aceitar esse emprego. Não posso dar-me ao luxo de ter dinheiro. As coisas iguais se atraem, e uma vez que você age como se fosse uma pessoa pobre, atrai a pobreza; esta atração, se permanecer consistente, permitirá que você viva permanentemente na pobreza.
A Bíblia diz claramente que a pessoa que controla sua língua controla o corpo inteiro. O que você fala, você consegue. Se você continua a dizer que é pobre, então o seu sistema fica condicionado a atrair a pobreza, e você se sentirá a vontade com ela; você prefere ser pobre. Mas se a pessoa se mantém dizendo que é capaz, que pode alcançar o êxito, então todo o corpo será levado ao êxito. A pessoa estará pronta para enfrentar qualquer desafio e vencê-lo. Este é o motivo pelo qual a pessoa nunca deve falar de maneira negativa.” Livro: A 4ª Dimensão – David Yonngy Cho, Ed. Vida, Pagina 35. – 17ª. impressão, 1989.
1.       Pare de usar palavras negativas.
Texto Bíblico
RA – Almeida Revista e Atualizada © 1999 Sociedade B. do Brasil
Nova Tradução na Linguagem de Hoje
Efésios 4:29
Não saia da vossa boca nenhuma palavra torpe, e sim unicamente a que for boa para edificação, conforme a necessidade, e, assim, transmita graça aos que ouvem.
Não digam palavras que fazem mal aos outros, mas usem apenas palavras boas, que ajudam os outros a crescer na fé e a conseguir o que necessitam, para que as coisas que vocês dizem façam bem aos que ouvem.
Efésios 5:4
Nem conversação torpe, nem palavras vãs ou chocarrices, coisas essas inconvenientes; antes, pelo contrário, ações de graças.
Não usem palavras indecentes, nem digam coisas tolas ou sujas, pois isso não convém a vocês. Pelo contrário, digam palavras de gratidão a Deus.
a.       Não saia de sua boca palavras que fazem mal. Muitas palavras fazem mal, causam danos, trazem o inferno para a terra. Criam um mundo de malignidades. Um exemplo muito claro disso é a fofoca. O falar sem pensar e o falar por falar.
Outra coisa terrível é atrair para si doenças.Muitas pessoas somente para parecerem mais sofridas começam a assumir para si doenças que não tem. Elas criam em suas mentes algo somente para parecerem solidárias aos outros, mas não sabem o dano que estão causando a si mesmas.
Outras pessoas para parecerem humildes, dizem constantemente que são pobres e que não precisam disto o daquilo. Quando na realidade poderiam proporcionar conforto aos seus e também ajudar aos outros na sua igreja, na sua comunidade, nos trabalhos assistenciais e obras missionárias.
b.       Não diga coisas tolas. Nem por brincadeira diga coisas tolas, do tipo: Eu ainda mato essa cara; assim você me mata; essa menina não vale nada, mas é gente boa; eu não fui com a cara dele(a); eu não presto pra nada mesmo; nunca ninguém vai te amar como eu; você não vale nada mas eu gosto de você; você não tem nada pra me dar; acho que vou morrer; to me sentindo muito mal; menino você está muito pálido, cuidado foi assim que morreu o meu cachorro; eu nasci assim e vou morrer assim;
Nunca fale coisas que machuquem e rebaixem os outros, que ofenda seu caráter ou mesmo que desmereça o valor de alguém.
Nunca coloque apelidos que magoem, que exponham as fraquezas e debilidades dos outros, do tipo: Sua magrela; sua gorda; seu gordo; seu dente podre; sorriso de cavalo; boca de privada; boca rica; orelha de elefante; sua baleia; vai hipopótamo; seu nariz de tucano. Tudo isso pode ser muito ofensivo e causar sérios transtornos emocionais para quem as ouve. Não podemos ser indelicados. E se você já ouviu palavras dessa natureza, rejeite-as, você nem de longe é isso ou parece com isso.
Nunca coloque nomes de pessoas no diminutivo, a não ser que seja com extremo carinho e para demonstrar afeição e intimidade quando houver, mas não se deve fazer isso com frequência. Não, nunca, nem por brincadeira diga coisas tolas.
2.       Não ouçam quem fala mal dos outros, nem compactue com suas palavras negativas.
Texto Bíblico
RA – Almeida Revista e Atualizada © 1999 Sociedade B. do Brasil
Nova Tradução na Linguagem de Hoje
Tito 1:10-13
10 Porque existem muitos insubordinados, palradores frívolos e enganadores, especialmente os da circuncisão.  11 É preciso fazê-los calar, porque andam pervertendo casas inteiras, ensinando o que não devem, por torpe ganância. 12 Foi mesmo, dentre eles, um seu profeta, que disse: Cretenses, sempre mentirosos, feras terríveis, ventres preguiçosos.  13 Tal testemunho é exato. Portanto, repreende-os severamente, para que sejam sadios na fé.
10 Pois existem muitos, principalmente os que vieram do Judaísmo, que são revoltados e enganam os outros com as suas tolices. 11 É preciso fazer com que eles parem de falar, pois estão atrapalhando famílias inteiras por ensinarem o que não devem, com a intenção vergonhosa de ganhar dinheiro. 12 Foi justamente um deles, um profeta da ilha de Cretaa, quem disse: “Os cretenses só dizem mentiras. São como animais selvagens, são uns preguiçosos que só pensam em comida.” 13 E ele tinha razão quando disse isso. Portanto, você tem de repreender duramente esses falsos mestres para que sejam sadios na fé
a.       É preciso calar quem fala bobagens– Paulo diz que pessoas que falam bobagens e ensinam coisas com interesses pessoais; estes, devemos fazer calar. Agora como poderemos fazer isso?
Ensinado a verdade com amor. Não buscando seus interesses pessoais, para que as pessoas vejam a diferença entre você e os outros que buscam seus próprios interesses.
Quem fala bobagens, um dia cairá em contradição e mostrará quem realmente é.
b.       Você pode até chamar a atenção de alguém, mas faça de forma que não ofenda, mais edifique.
“Foi mesmo, dentre eles, um seu profeta, que disse: Cretenses, sempre mentirosos, feras terríveis, ventres preguiçosos”
Você acha que falando uma palavra dessas alguem lhe receberia em casa. Acredito que não! Acredito também, que podemos ensinar usando as palavras certas e, chamar a atenção quando for necessário, porém de uma forma que não magoe e nem fira os sentimentos dos outros.
Podemos falar as palavras certas. Podemos chamar a existencia as coisas com as nossas palavras. Um exemplo disso é este texto que você está lendo, não existia eté eu escrevê-lo, mas quando coloquei as palavras neste papel, ele começou a existir, e com sua existencia vai gerar conforto em sua vida.
Nunca compactue com palavras negativas. Quando você empresta o seu ouvido para ouvir coisas ruins, você é contaminado. Por isso é importante que, quando você sentir que a conversa não é um simples comentário mas o falar mal, está na hora de cortar, se você não cortar, você talvez vá se contaminar e dai mais palavras negativas surgirão na sua mente e quando menos perceber você também estará falando mal.
Chame a existencia coisas boas. Fale bem de você sem sem gabar. Gabe os outros pelas costas. Não economize elogios verdadeiros. Faça planos grandiosos, coloque seus amigos e sua família neles. Comece a sonhar … tenha os pés na lua e a cabeça no céu, e a terra será sempre parte de seus planos.
Que JESUS te abençoe…
——————————————————–
Ronildo da Cruz Ribeiro
IDPB Monte Horebe
Manaus, AM 03 de junho de 2012
Culto de Oração de terça-feira


m m 1.10 Os da circuncisão: Aqui, se refere a alguns judeus convertidos que insistiam na observância das leis e costumes judaicos (ver At 11.2, n.).
n n 1.12 Citação de Epimênides, poeta cretense do séc. VI a.C.
a Epimênides, que viveu no sexto século antes de Cristo.
 

Orações Respondidas II

Orações Respondidas II
O poder da palavra falada
A.     Tiago 3:2
“Porque todos tropeçamos em muitas coisas. Se alguém não tropeça no falar, é perfeito varão, capaz de refrear (dominar) também todo o corpo.”
Temos obtidos muitas derrotas, no decorrer destes anos, qual a causa? Também temos tidos muitas vitórias ao longo destes anos, de igual modo, qual é causa? Uma vez que o SENHOR já nos deu a vitória, por que muitas vezes nos sentimos derrotados.
Você sabe qual é o seu domínio? O meu, o seu o nosso domínio é exatamente aquilo que eu posso controlar! Neste caso a nossa língua. Você controla o seu domínio? Você controla o que fala? Se você consegue controlar também o fará em todo o seu corpo.
1.       O que a língua faz? Fala palavras! E que palavras ela fala? Qualquer palavra! Então por que não priorizar as palavras certas, palavras abençoadoras, as palavras de DEUS.
2.       Você consegue falar palavras abençoadoras a seu respeito e a respeito dos outros? Se não, é ora de começar.
      B.     Hebreus 11:3
Pela fé, entendemos que foi o universo formado pela palavra de Deus, b  de maneira que o visível veio a existir das coisas que não aparecem”.  Gn 1.1; Sl 33.6,9; Jo 1.3.
Percebemos que quando uma palavra é liberada, coisas acontecem, mundos são criados, e aquilo que não existia é chamado à existência.
Pode-se argumentar que os textos acima se referem a DEUS, sim é verdade, mas também a mesma palavra fala de nossa identidade, de quem somos e a quem representamos na terra, DEUS. Somos seus filhos, temos a mente de CRISTO. E por que não podemos ter a palavra DELE presente em nossos lábios?
      C.     João 15:7
Se permanecerdes em mim, e as minhas palavras permanecerem em vós, f  pedireis o que quiserdes, e vos será feito.”
1.       Quais são as palavras de JESUS? Será que são palavras de maldição ou de bênção? Quando as palavras de JESUS permanecem em nós, nossas orações, petições, desejos serão realizados.
2.       Jesus veio para trazer vida e vida com abundancia, então por que não permitir que esta vida esteja em você. 
—————————————–
Ronildo da Cruz Ribeiro
Manaus, AM 26 de junho de 2012
IDPB Monte Horebe
Para o culto de oração de terça-feira
 

Orações Respondidas I

Orações Respondidas I
Você já percebeu que seus desejos são específicos? Suas vontades são especificas? Você sabe exatamente o que quer, porém quando ora, parece que não sabe o que pedir?
1.      Hebreus 11:1
Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que se não vêem”.
a.      Certeza de coisas que se esperam.
b.      O que você espera? Você sabe o que está pedindo?
c.       Você sabe por que está pedindo? Você sabe pra que está pedindo
d.      Você já descreveu em sua oração como você quer?
2.      Romanos 4:17
“Como está escrito: Por pai de muitas nações te constituí.), perante aquele no qual creu, o Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem”.
a.      Deus vivifica os mortos. Sonhos, pensamentos, ideias, projetos etc. Mesmo que aparentemente estejam mortos, DEUS ressuscita.
b.      Deus chama à existência as coisas que ainda não existem.
c.       Quando o mundo foi criado você existia? Não, é obvio! Então por que ELE fala que já conhecia todos os seus dias.
3.      Provérbios 10:24
Aquilo que teme o perverso, isso lhe sobrevém, mas o anelo dos justos Deus o cumpre”.
a.      O desejo do justo Deus cumpre.
b.      O que você deseja?
4.      Salmos 37:4
“Agrada-te do Senhor, e ele satisfará os desejos do teu coração
a.      O segredo das respostas da oração é se agradar do SENHOR, é priorizá-lo.
5.      Conclusão:
a.      A fé é a certeza de coisas que se esperam;
Voce tem certeza daquilo que você ora? Voce espera por isso? Voce espera que vá acontecer?
b.      Abraão creu, no Deus que vivifica os mortos e chama à existência as coisas que não existem;
Deus vivifica os mortos será que ele não pode fazer algo por você? Ele chama a existência as coisas que ainda não existem. Certamente ELE esta chamando a existência o seu desejo.
c.       Mas o anelo dos justos Deus o cumpre;
Deus cumpre o desejo dos justos. Você é justo?
d.      E Ele satisfará os desejos do teu coração
O desejo de DEUS é de satisfazer os desejos de seu coração. Então como esta o seu coração. Quero que você saiba que DEUS deseja a sua satisfação.
————————————————-
Ronildo da Cruz Ribeiro
IDPM Monte Horebe
Manaus, AM 19 de Junho de 2012
 

Quem crêr não será confundido

Quem crêr não será confundido
Romanos 10:9-13
6º dia de jejum
1. (vv.9) Se, com a tua boca, confessares Jesus como Senhor e  e, em teu coração, creres que Deus o ressuscitou dentre os mortos, serás salvo. f
Essa era a forma primitiva de confissão de fé. E acredito que essa é a única forma de confissão de fé.
a.       É com boca se confessa. Isso implica em ter que falar para que alguém ouça a sua voz. Por que falar? Para que todos saibam que você agora pertence ao SENHOR. Os anjos precisam ouvir, os homens precisam ouvir.
b.       É com o coração que se crê. Interessante que ressuscitar parece-nos algo impossível, uma loucura, mas se crermos com o nosso coração, sentimentos, emoções, seremos salvo. Jesus disse: que a boca fala do que está cheio o coração.
2.  (vv.10) Porque com o coração se crê para justiça e com a boca se confessa a respeito da salvação.
a.       Quando um coração está cheio de fé, o que ele expressa? Alegria, paz, amor, dignidade, respeito, …
b.       Como ele se expressa? Através da face, do sorriso, das palavras, dos gestos de carinho, de atitudes sábias. Sabe por quê? Por que um coração cheio de fé é um coração sem medo, ele tem convicções a respeito da sua salvação, e salvação não implica somente em eternidade, mas aplicasse no dia-a-dia, no processo de regeneração ou santidade. Daí a boca fala, o rosto fala, o sorriso fala, os gestos falam…
3.  (vv.11) Porquanto a Escritura diz: Todo aquele que nele crê não será confundido. g
Este texto está em Isaias 28:16.
a.       Não será confundido, não ficará desiludido, decepcionado, não ficará em dúvidas, mas certezas e forças espirituais do céu o (a) possuirão.
4. (vv.12-13) Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam. h Porque: Todo aquele que invocar o nome do Senhor será salvo.i[2]
a.       Quando você confessa a Jesus como seu único SEHOR E DEUS, Ele não faz acepção se você é rico ou pobre; Negro ou branco; asiático ou índio … Ele simplesmente te recebe. Ele não relembra o seu passado, mas ele o eleva ao status de filho.
b.       Quando se crê com o coração a necessidade de invocar ao SENHOR é constante, por que você sente a presença dele, e palavras começam a fluir e você sente ELE falar em sua mente respondendo as perguntas que você faz a ELE …
Conclusão:
1.       Existe uma forma sabermos se a salvação de DEUS está presente em nossas vidas. A salvação se manifesta em nosso comportamento diário. Ela fala:
a.       O que está em seu coração?
b.       O que tem saído de seus lábios?
c.       Como anda o seu humor?
d.       Como está o seu depósito de amor?
e.       Se você tem sido carinhoso, amoroso, perdoador?
f.        Seu medo tem sido maior que o poder de DEUS?
g.       Sua vontade tem sido maior que a vontade de JESUS?
h.       Pense e ore. Fale pro SENHOR falar a teu respeito neste momento.
——————————————————–
Estag. Ronildo da Cruz Ribeiro
Manaus, AM 06 de maio de 2012
IDPB Monte Horebe


e e 10.9 Fórmula primitiva de confissão de fé; ver Jo 20.28, n.
f f 10.9 At 16.31.
g g 10.11 Is 28.16.
h h 10.12 Gl 3.28; Cl 3.11.
i i 10.13 Jl 2.32. Na versão grega (LXX) da referida passagem, o nome de Deus se traduz como Senhor, nome que aqui se aplica a Cristo.
[1]Sociedade Bíblica do Brasil. (1999; 2005). Bíblia de Estudo Almeida Revista e Atualizada (Rm 10:13). Sociedade Bíblica do Brasil.
e e 10.9 Fórmula primitiva de confissão de fé; ver Jo 20.28, n.
f f 10.9 At 16.31.
g g 10.11 Is 28.16.
h h 10.12 Gl 3.28; Cl 3.11.
i i 10.13 Jl 2.32. Na versão grega (LXX) da referida passagem, o nome de Deus se traduz como Senhor, nome que aqui se aplica a Cristo.
[2]Sociedade Bíblica do Brasil. (1999; 2005). Bíblia de Estudo Almeida Revista e Atualizada (Rm 10:13). Sociedade Bíblica do Brasil.