RSS

Arquivo da categoria: sonhos

Sonhos – O Modelo e o Mandado

Sonhos – O Modelo e o Mandado

Números 8:4 “O candelabro era feito de ouro batido desde o seu pedestal até às suas flores; segundo o modelo que o Senhor mostrara a Moisés, assim ele fez o candelabro”.
Números 9:18Segundo o mandado do Senhor, os filhos de Israel partiam e, segundo o mandado do Senhor, se acampavam; por todo o tempo em que a nuvem pairava sobre o tabernáculo, permaneciam acampados”.
 
O livro de números é um registro da caminhada do povo Hebreu no deserto rumo a terra prometida, narra do segundo ano de peregrinação até a morte de morte de Moisés. Ele tem esse nome por causa dos dois recenseamentos que ele trata, da divisão dos despojos da guerra com os midianitas e das ofertas e sacrifícios que envolvem quantidades.

Em hebraico, o título do livro é Bemidbar (lit. “no deserto”).

A.     Segundo o modelo que o SENHOR mostrou a Moisés assim o fez.

Este texto trata de como o candelabro de ouro foi construído. DEUS mostrou o formato, e deu instruções específicas quanto à medida, material e forma de construir. O candelabro tinha medidas específicas. O material era ouro puro e tinha que ser feito por um artesão, obra batida com martelo.

1.       (8:4) Moisés fez como o SENHOR havia ordenado.
a.      Como DEUS mostrou a Moisés? Será que foi através de uma visão? Um sonho? Ou simplesmente numa conversa entre os dois o Senhor mostrou a ele uma foto.

2.       De forma grosseira, como podemos aplicar este conhecimento nos dias de hoje?
a.      DEUS coloca um sonho no coração do homem e sso é como uma foto daquilo que precisa ser feito.
b.      Deus tem as medidas certas, a forma que deve ser feito e o material do qual deve ser feito.
c.      Mas ele precisa de uma pessoa que ouça a sua voz e coloque em prática o que ele tem falado.
d.      Hoje, será Deus tem a pessoa certa que pode fazer conforme o que ele ordenou? Será que você é a pessoa certa?

 

B.     (9:18) Segundo o mandado do Senhor, os filhos de Israel partiam e, segundo o mandado do Senhor, se acampavam.
O povo era guiado por uma nuvem que representava a presença constante de DEUS, protegendo e guiando o povo. De dia essa nuvem protegia do calor do sol fazendo sombra, a noite era como uma tocha de fogo iluminando todo o arraial que era de aproximadamente 20 quilomentros quadrados.

1.       Segundo o mandado do SENHOR, os filhos de Israel partiam ou paravam.
a.      Eles partiam ou paravam de acordo com a vontade de DEUS.
b.      Eles nunca sabiam quando iam parar nem quando avançaria, isso dependia da vontade exclusiva de DEUS. Eles só tinham que obedecer.
c.      Isso tinha uma razão. Qualquer inimigo que estivesse infiltrado no meio do povo para os destruir não saberia montar uma estratégia para emboscá-los.
d.      O tempo de agir era determinado pelo próprio DEUS. Eles não agiam por sua vontade ou pela vontade de seu líder Moisés, eles dependiam de DEUS.

2.       Como podemos aplicar em nossa vida este ensino?
a.      Existe um tempo determinado para tomarmos as decisões. Nós sabemos qual é esse tempo? Quem pode nos ensinar sobre o tempo certo?
b.      Quando dependemos de DEUS, um inimigo infiltrado no nosso meio não poderá agir contra nós. Ele não tem como montar uma estratégia.
c.      Precisamos tomar decisões acertadas em nossa vida. Precisamos saber tempo certo de levantar e agir, e o tempo certo de parar. E uma única pessoa pode nos ajudar a tomar a decisão certa, JESUS.

C.     Aplicando em nossa vida.
1.      O candelabro – podemos definir neste momento como um sonho ou um projeto que DEUS tenha colocado em sua mente. Mas para ter as medidas certas, o material certo, e a forma de construir, terá que haver uma comunhão maior. Haverá a necessidade de tempo na presença DELE. E quanto tempo você está disposto a gastar aprendendo sobre o seu sonho com ELE?
 
2.      A nuvem de glória que cobria o arraial do povo hebreu – é o ESPÍRITO SANTO. A presença contínua de JESUS na terra e na vida de seu povo. Ela não está somente no arraial, mas na vida, na pessoa e ela precisa ser manifesta, através de uma comunhão maior com o SENHOR.
 
a.      De dia ele protege do sol. De noite ele é como um fogo que ilumina todo o arraial – a tua casa ou a tua vida. É ele quem dá a projeção de sua pessoa. Ele dá a visibilidade e clareza naquilo que está obscuro. É ele quem te protege na hora de tomar as decisões.
 
b.      Ele sabe a ora de agir e a hora de parar. Ele sabe hora certa de investir e a hora de retirar todo o investimento. Ele sabe a ora de levantar o acampamento e seguir adiante e a hora certa de parar e descansar.

c.      Tire tempo pra estar diante de JESUS, falando ao Espírito Santo, perguntando qual é a instrução que ele tem pra você neste momento. Lembre-se tempo é vida, e você não pode perdê-la.
————————————–

Roni da Cruz Ribeiro
IDPB Monte Horebe
Manaus, 07 de outubro de 2012
Culto de Domingo


 
2 Comentários

Publicado por em 8 de outubro de 2012 em esperança, planajemento, sonhos

 

Sonhos – Não desprezem os pequenos começos

Sonhos – Não desprezem os pequenos começos
Zacarias 4:10Pois quem despreza o dia dos humildes começos, esse alegrar-se-á vendo o prumo na mão de Zorobabel. Aqueles sete olhos são os olhos do Senhor, i  que percorrem toda a terra. j
Quando você for planejar os seus sonhos, comece pelas coisas pequenas. É das coisas pequenas que nascem as grandes. Os grandes sonhos, quando ainda são meros pensamentos, eles parecem impossíveis, mas à medida que se vai escrevendo, planejando e revendo, percebe-se que ele tem um começo e este começo é pequeno, algumas vezes bem pequeno. Por maior que seja, por mais impossível que seja não desista jamais de seu sonho!
Os sonhos são como uma gravidez. Deixe que seu sonho continue crescendo. Continue planejando o futuro, quando ele nascer, como ele será bonito. Faça o enxoval, planeje bem a compra, o quarto do bebê, as cores, o hospital onde vai nascer, quem será os convidados para a festa. Os sonhos são como gravidez. Fiquem grávidos e sonhem os sonhos de DEUS.
“O sonho transformará a morte em vida, a escuridão em luz, a pobreza em riqueza”. David Y. Cho, Viva na quarta dimensão, pg. 106 – Ed. Vida.
1.       Prepare-se para a realização de seu sonho.
“Todos desejam uma mudança na vida e a realização de seus sonhos, mas são poucos os que se preparam para isso. Para alcançar o sonho, é imprescindível a preparação. Se você tem um sonho, deve ter convicção que o sonho será alcançado e agir como se ele já tivesse realizado. Daí a necessidade de preparação. Para aquele que não se prepara, seu sonho continuará sendo um sonho, e será difícil alcança-lo”. David Y. Cho, Viva na quarta dimensão, pg. 106 – Ed. Vida.
Efésios 5:15-17Portanto, vede prudentemente como andais, não como néscios, e sim como sábios, remindo o tempo, q  porque os dias são maus. Por esta razão, não vos torneis insensatos, mas procurai compreender qual a vontade do Senhor. r
2.       Qual é o sonho que DEUS tem colocado em você?
a.       Você já parou pra perguntar de DEUS qual é o sonho dele para você? Se não pergunto ainda, comece. Se já perguntou espere a resposta.
b.       Se DEUS já lhe deu um sonho, você já começou a planejá-lo?
3.       O que você esta fazendo pelo seu sonho?
a.       Você já conversou com pessoas mais experientes sobre o projeto de DEUS pra você? O que eles disseram?
b.       Você já sabe quem pode investir no seu sonho? Como ele pode investir?
c.       Você está planejando seu sonho e, se estiver tendo dificuldades já buscou ajuda?
4.       Quanto tempo você tem investido em seu sonho?
a.       Quanto de seu tempo diário você tem gasto planejando seu sonho?
b.       Quanto tempo você passa pesquisando sobre o seu sonho?
c.       Quanto tempo você passa orando, escrevendo e meditando sobre o seu sonho.
5.       Quanto você tem gasto com seu sonho?
a.       Você está disposto a investir dinheiro em seu sonho?
b.       Você conseguiria se desfazer de algum bem pra investir em seu sonho?
c.       E se der errado a primeira vez, estará disposta a começar tudo de novo?
6.       Como você tem se preparado para o seu sonho?
a.       Tem estudado?
b.       Tem se cercado de pessoas de DEUS para ajudar no nascimento de seu projeto?
c.       Se ainda não tem feito nada disso, realmente será somente um sonho, do contrário, teremos um grande empreendimento nascendo.
Eu oro pra ter privilégio de fazer parte de seu sonho!
 —————————————————
Ronildo da Cruz Ribeiro
IDPB Monte Horebe
Manaus, 25 de setembro de 2012
Culto de oração – terça-feira
  

i i 4.10 Os sete olhos representam, simbolicamente, o próprio Deus, que não desiste do seu empenho de velar pela restauração do seu povo. Cf. Ap 5.6; ver Zc 4.2, nota a.
j j 4.6-10 Os vs. 6-10 formam uma espécie de parêntese para destacar a mensagem do Senhor a Zorobabel. Algumas traduções recentes colocam esta seção depois do v. 14, para manter a continuidade da narração.
q q 5.16 Cl 4.5.
r r 5.17 Rm 12.2.
 

Sonho – Faça de seu sonho um projeto de vida

Sonho – Faça de seu sonho um projeto de vida
Provérbios 16:1-2 “O coração do homem pode fazer planos, mas a resposta certa dos lábios vem do Senhor. a Todos os caminhos do homem são puros aos seus olhos, mas o Senhor pesa o espírito. b
Qual é o seu sonho? Que tal começar hoje a planejar o que vai fazer amanhã? Por isso, projete algo claro em seu coração. Escreva em uma folha de papel, e ore até receber clareza e ter convicção. Depois faça uma avaliação de sua meta à luz da Bíblia.
Escreva seu sonho, depois leia e releia todos os dias. O sonho vai ficando cada vez mais claro para você e pouco a pouco vai se transformando em uma realidade.
1. Escreva um projeto de forma clara e objetiva.
a.      Para o próximo ano;
b.      Para daqui a dois anos;
c.      Para daqui a três anos;
d.      Para cinco anos;
e.      Para daqui a dez anos.
Escreva, leia, releia, ore todos os dias por eles e a medida que você for recebendo clareza escreva, e você vai ver seus sonhos nascendo.
2.      Escreva suas metas diante da cruz de Cristo.
1 Pedro 2:24-25 “Carregando ele mesmo em seu corpo, sobre o madeiro, g  os nossos pecados, para que nós, mortos para os pecados, vivamos para a justiça; h  por suas chagas, fostes sarados. i Porque estáveis desgarrados j  como ovelhas; agora, porém, vos convertestes ao Pastor e Bispo da vossa alma. l
a.      A cruz levou o meu pecado;
b.      A cruz curou a minha mente. Toda desordem mental foi sarada;
c.      A cruz curou minhas feridas na alma;
d.      A cruz curou os meus traumas;
Quando você for escrever suas metas, todas as impossibilidades brotarão de sua mente tentando fazê-los desistir. Os pensamentos são os mais variados: “você é incapaz; isso é loucura; o que vão pensar de você; isso é ridículo; você não tem forças suficientes para isso; você é muito pobre para fazer isso; isso nunca vai dar certo; todos os indicadores mostram contrário, e por ai vai”. Porém quando você coloca seus planos na perspectiva da cruz, fica mais fácil de crer. Lembre-se, Ele levou sobre si todas as nossas incapacidades.
Quando você começa escrever suas metas, parece que algo tenta lhe atrapalhar colocando desordem mental, entendi que isso acontece para atrapalhar mesmo, pois a mente é quem faz os planos que serão atendidos por DEUS. A mente é o campo de batalha, se você a controlar, você controla qualquer coisa.
Visualize suas metas. Cria nelas, escreva contrariando todas as possibilidades. Creia e verás o poder de DEUS.
Aplicação:
1.      Faça de seu sonho o projeto de sua vida.
2.      Escreva ele, e leia todos os dias. Cole o que você escreveu em algum lugar próximo de você.
3.      Escreva suas metas diante da cruz de Cristo. Creia ele já levou sobre si a suas incapacidades.
—————————————————
Ronildo da Cruz Ribeiro
IDPB Monte Horebe
Manaus, 21 de Setembro de 2012
21º dia de jejum


a a 16.1 Cf. Pv 16.9; 19.21; Ec 9.1.

b b 16.2 Pv 21.2. Pesa: Isto é, julga.
g g 2.24 O madeiro ou a árvore: Referência à cruz;ver At 5.30, n.
h h 2.24 Rm 6.2-11.
i i 2.24 Is 53.4-5,11-12.
j j 2.25 Da alusão a Is 53.6 se passa à imagem do pastor;ver Jo 10.11, n.
l l 2.25 Cf. 1Pe 1.9, n.